Dicas e Orientações

O quiropraxista está apto a indicar e recomendar dicas posturais como postura de dormir, sentar corretamente e também ensinar alguns alongamentos básicos que irão ajudar no dia a dia a manter a saúde do seu corpo, variando também de acordo com cada caso.

A seguir algumas situações que contribuem para o aparecimento das lesões dos anéis fibrosos e consequentemente dos discos inter-vertebrais e o surgimento de dor na costa em consequência da má postura:

A hipertensão, mais conhecida como pressão alta, é uma doença inicialmente sem sinais ou sintomas, que não tem cura. Ela é diagnosticada por um paciente que tem a pressão acima de 14/90mmHg; além disso, o paciente deve conter esta pressão elevada por um período de tempo. Esta doença por ser silenciosa pode causar problemas desde a um infarto até um derrame cerebral. Entretanto existem hábitos que podemos adotar em nossas vidas que reduz a chance de ter hipertensão blindando seu organismo contra a doença. Sendo elas:

Exercício físico – o exercício físico trás um bem estar geral para o organismo tanto na área cardiovascular como pulmonar. É sempre bom lembrar que no início das atividades de exercício, deve-se procurar um profissional adequado para uma sequência de exercícios de acordo com a sua necessidade.

Alimentação – diminuir a quantidade de sal utilizado na alimentação, o excesso de sal na alimentação eleva a quantidade de líquido em retenção no corpo e isto causa o aumento da pressão arterial; uma alimentação regulada reduz o peso excessivo e ajuda a conter a hipertensão.

Não consumir tabaco: a utilização de tabaco e outras toxinas presentes no cigarro, elevam a pressão arterial imediatamente e o consumo prolongado prejudica a saúde a longo prazo. Parar de fumar é fundamental para o combate de hipertensão.

Combater o stress: o stress e uma resposta do organismo para uma sobrecarga física ou emocional aumentando a quantidade do hormônio adrenalina no sangue; isso eleva a pressão arterial e neste caso é fundamental utilizar um tempo durante sua rotina para exercícios de relaxamento.

Monitoramento da doença: Quando se tem a doença, é necessário medir a pressão arterial uma vez por semana e consultar o médico uma vez a cada 6 meses para um controle preciso da doença.

Se você pensa que criança não precisa cuidar da saúde da coluna, engana-se! É nessa fase da vida que é mais simples assegurar boas condições da coluna vertebral na vida adulta. Por isso, Pais fiquem atentos.

Para saber se é hora de interferir na saúde da coluna de seu filho, observe:

Se a criança para em pé sempre com peso concentrado na mesma perna;

Ombros desalinhados ao caminhar;

Sentar-se com o peso do corpo apoiado sobre as costas e não sobre as nádegas;

Se a sola do calçado está mais gasta de um lado do que do outro.

E mais:

- A criança não deve praticar esportes que solicitem um único tipo de movimento, até os 12 anos de idade;
- O uso do computador deve ser intercalado com descanso ou atividades que exijam algum tipo de esforço físico;
- A criança precisa de alongamento. Ela deve, por exemplo, conseguir encostar as mãos no chão, partindo da postura em pé, sem dobrar os joelhos;
- A criança não deve carregar volume maior do que 10% de seu peso corporal;
- O material escolar deve ser carregado de maneira equilibrada: dividido nos dois lados do corpo, em mochilas nas costas ou em mochilas com rodas.
- E cuidados complementares como sessões de Quiropraxia, podem auxiliar muito.

Muitas pessoas acham que as tarefas domésticas não são capazes de causar lesão, mas diferentemente do que muitos pensam, os serviços domésticos demandam muita energia e causam fadiga muscular. Quem nunca ficou com exausto e com dores após um dia de faxina em casa.

Com uma postura adequada e fazendo as atividades corretamente, teríamos energia de sobra no final do dia de faxina para sair e se divertir com os amigos. As dicas para prevenir as lesões nos serviços domésticos são:

1.Primeiramente o ponto crucial é não deixar todas as tarefas para o mesmo dia. Devemos dividir os dias para não deixar a bagunça se acumular; então a criação de um cronograma sem duvidas irá ajudar muito em suas tarefas caseiras.

2.Mantenha a posição ereta, o cuidado com a nossa coluna é essencial para prevenir as dores após as atividades; quando for lavar a louça ou passar a roupa, atividades onde fica-se muito tempo em pé, use um apoio para os pés alternadamente, o que dará descanso para a musculatura e evitará a fadiga.

3.Para tira ou colocar roupa na máquina de lavar e secar, sempre mantenha a coluna ereta; agache utilizando as pernas e não a região das costas, traga o peso próximo do corpo quando for levantar tentando não mudar o seu ponto de equilíbrio.

4.Para varrer a casa, procure um cabo de vassoura longo, de preferência maior que o seu tamanho, assim não é necessário agachar para varrer locais de difícil acesso, como embaixo de um móvel.

5.Para limpar janelas altas ou em cima dos móveis, utilize uma cadeira ou escada; devemos nos policiar para manter os braços sempre na altura dos ombros para prevenir lesões; ao estender roupas seria ideal trazer o varal para a altura dos ombros ou subir em um banco.

6.Encontre um horário para descanso durante a atividade; é importante deixar a musculatura relaxar por um tempo, prevenindo as fadigas e lesões que podem ocorrer.

A artrose é a doença reumática mais comum na terceira idade, ela também é chamada de osteoartrite ou doença degenerativa, nela ocorre um processo de desgaste primeiramente da cartilagem, um tecido maleável que tem como função amortecer e proteger o contato entre os dois ossos na articulação durante o seu movimento, e posteriormente o desgaste do próprio osso em questão dando assim o sintoma de dor e ficando cada vez mais intenso durante este o agravamento do processo.

Os principais locais para a degeneração são: articulação do joelho e do fêmur com o quadril. Quando a doença se desenvolve nestes locais, por serem articulações exigidas muitas vezes durante o dia e sofrerem muito impacto, o processo de artrose é mais doloroso e impactante nos pacientes.

Já na coluna cervical e lombar, quando se tem uma degeneração, as vértebras sofrem uma instabilidade articular e pelo fato da nossa coluna proteger a medula espinhal, a continuação do nosso cérebro, o corpo tenta estabilizar estas vértebras formando osteofitos, os famosos bicos de papagaio, com esta estabilidade extra faz com que a dor seja menos impactante do que na região do joelho e quadril. Temos também a artrose nos dedos da mão, onde os estudos dizem ser devido a um fator mais genético.

Os problemas como a artrose diminuem muito a qualidade de vida do idoso e a deixa limitante.

Existem três fatores principais para prevenir a artrose:

- Dieta balanceada: uma das desordens que está diretamente ligada à artrose é a obesidade, com a sobrecarga se tem um desgaste muito maior da articulação devido a maior absorção de impacto.

- Exercício físico: o maior sinal de saúde para as articulações é o movimento, com o exercício físico melhora e preserva o macro movimento das articulações e melhora a saúde em geral, como a maior produção de liquido sinovial, este liquido lubrifica a articulação para uma melhor congruência, melhora da circulação e condição respiratória. O exercício pode ser desde uma caminhada continua de 20 a 30 minutos até uma academia frequentada regularmente tomando cuidado com exercícios de grande impacto.

- Quiropraxia: a quiropraxia trataria das subluxações melhorando assim os micro movimentos da coluna vertebral e das articulações de membros superiores e inferiores, melhorando a mobilidade da articulação e prevenindo desgastes por falta de movimento.

Durante uma simples atividade do dia a dia, podemos gerar compensações em nossa coluna, que após um tempo podem gerar problemas como dores e desconforto nas costas. Carregar mochilas em um único ombro ou com excesso de peso, dormir de forma errada e levantar pesos de forma incorreta são hábitos comuns que podem gerar sérios problemas para a sua coluna.

A coluna vertebral é o nosso eixo ósseo que sustenta, amortece e distribui todo o peso do nosso corpo; além disso serve como proteção para a medula espinhal, a continuação do nosso cérebro que leva as informações nervosas para todo o nosso corpo.

Quando essas disfunções na nossa coluna ocorrem, podemos ter uma interferência entre a comunicação do sistema nervoso e o nosso corpo, podendo gerar problemas na saúde em geral como dor, desconforto e até mesmo uma gastrite.

Para eliminar estas interferências e deixar a sua coluna mais saudável procure um quiropraxista; com uma avaliação precisa, ele irá realinhar a sua coluna, colocando-a de volta em seu lugar normal, livrando seu corpo das interferências de comunicação com o sistema nervoso.

É evidente que a população mundial está vivendo mais. No Brasil, pesquisas apontam que em 2025, 14% da população total seja de pessoas acima de 65 anos, e mantendo-se a tendência demográfica atual, o Brasil terá uma das maiores populações idosas do mundo.

O processo de envelhecimento é natural, inicia-se assim que o indivíduo nasce, e o estilo de vida escolhido, resultará em maior ou menor qualidade de vida.

Alimentar-se bem, exercitar-se, trabalhar em algo que goste, bom convívio familiar, e algumas horas de lazer semanais, contribuem e muito para seu Bem Estar.

Dados os processos fisiológicos de envelhecimento, como mudanças no paladar, dificuldades áudio-visuais, há uma mudança no modo como o idoso se relaciona com o mundo, e quem convive com idosos não deve deixar de perceber tais mudanças.

E com tantos recursos disponíveis, ressalta-se os benefícios da Quiropraxia que ira ajudar na qualidade de vida do idoso alem de melhorar a mobilidade das articulação da coluna vertebral traz um bem estar e todos os benefícios que ocorrem após o ajuste articular como aumentar o limiar de dor e promover o relaxamento muscular próximo a articulação ajustada.

Se você todos os dias sente aquela pressão e pontada na cabeça, com uma dor que vai até a região do pescoço, acabando com o seu dia e seu humor, procure utilizar das nossas dicas para acabar com esse problema. Cerca de 75% da população sofre com dores de cabeça pelo menos 2 vezes no mês.

Todos estamos acostumados tomar um analgésico quando a dor de cabeça aparece, é uma solução imediata porém incorreta. O medicamento utilizado corriqueiramente, em excesso, pode acabar causando um efeito reverso chamado de “efeito rebote”, que ao invés de melhorar o incomodo acaba agravando a situação.

Muitas vezes, as dores de cabeça são consequências de uma tensão na região do pescoço; com a quiropraxia aliviamos a restrição articular do local e provocamos efeitos fisiológicos como: relaxamento muscular e aumento do limiar de dor melhorando assim, a dor de cabeça e aliviando a tensão do dia a dia.

Algumas dicas para prevenir a dor de cabeça:

Alimentação: tente não ficar muito tempo em jejum, alimente-se bem e se possível de três em três horas;

Acostume-se com os horários: crie uma rotina com horários de refeição, horários de descanso e dormir. Dormir seis horas por dia seria o ideal;

Pratique atividades que lhe de prazer: quando fazemos uma atividade que nos da prazer, liberamos endorfina, o hormônio responsável pelo alivio de dor e bem estar;

Evite consumo de café, beba no máximo três xícaras por dia;

Tenha atenção com a sua postura, principalmente quando estiver sentado, no trabalho ou na hora de dormir;

Consulte um quiropraxista - as disfunções da coluna cervical podem causar uma tensão muscular gerando a dor de cabeça.

Muitas mulheres hoje em dia utilizam salto alto durante um período de tempo muito longo. O uso diário do salto alto pode causar problemas como: dedos em forma de garra, calos, bolhas e dor.

O uso excessivo do salto pode causar problemas mais sérios como: encurtamento de tendões, varizes, joanete tendinite e sérias disfunções na região do joelho e quadril. Para se usar saltos sem prejudicar a saúde damos algumas dicas como:

Utilize diversos modelos: sempre tem aqueles modelos que doem mais ou prejudicam mais o pé; tente utilizar diversos modelos para não forçar uma lesão. Os melhores são sapatos de plataforma que dão melhor distribuição de peso na sola do pé.

Usar saltos de altura diferente: variando na altura do salto, podemos manter a musculatura em estágios de contração diferentes. Quando usar um salto grande, tente no dia seguinte utilizar um menor e no terceiro dia utilizar um salto intermediário.

Procure utilizar somente na hora necessária: se para chegar a seu serviço ou ao local do evento tiver uma longa caminhada, tente levar um sapato ou chinelo e utilizar o salto somente no horário necessário.

Cuide do seu pé: no final do dia massageie seus pés para um relaxamento da fascia muscular local, trazendo bem estar e diminuição da dor após longos períodos utilizando um calçado desconfortável.

Alongue-se: para manter uma musculatura, faça alongamentos, principalmente na região posterior da perna e batata da perna, relaxando a musculatura e preparando-a para mais um dia de salto alto.

Os primeiros passos do bebê são sempre uma comemoração para toda a família; o momento esperado chegou e a criança esta pronta para andar sobre as duas pernas se tornando mais autônoma e necessitando da atenção dobrada dos pais.

Os primeiros passos costumam chegar entre o décimo e décimo primeiro mês com a ajuda dos pais e somente depois por volta do décimo oitavo mês, que a criança desenvolve a musculatura para caminhar sozinha sem precisar da ajuda de um adulto. Não podemos esquecer que cada criança tem seu desenvolvimento próprio, sendo assim, cada uma pode começar a andar mais cedo enquanto outras demorem um pouco mais.

Se seu filho após o décimo oitavo mês não der seus primeiros passos é preciso procurar um pediatra para uma avaliação mais precisa e descartar a possibilidade de alguma disfunção motora estar prejudicando o desenvolvimento da criança.

Para facilitar o aprendizado e desenvolvimento da criança precisamos dar muita atenção nos primeiros passos, já que as quedas são inevitáveis e podem causar alguns traumas; os pais deixando este momento prazeroso e divertido podem evitar pequenos traumas acontecerem e acelerarem o aprendizado. Algumas dicas para ajudar neste momento inesquecível são:

- Fique há uma distância de aproximadamente 3 metros do bebê e o chame para incentivá-lo a andar.
- Estimule o bebê com brinquedos, pedindo para que ele busque o objeto a alguns metros de distância.
- Tenha cuidado com as quinas dos móveis e mesas, evite quinas nos lugares onde o bebê irá andar.
- Tente variar nos tipos de solo que o bebê andará; quanto mais variar nos tipos de solo melhor será o desenvolvimento dos arcos plantares do bebê, ajudando assim na melhor adaptação e equilíbrio.
- Sempre quando o bebê for andar, demonstre tranquilidade e confiança, dê suporte para o bebê, porém não iniba com excesso de proteção.
- Procure um quiropraxista: desde o nascimento, já estamos predispostos a termos disfunções na coluna vertebral. Nos EUA existem quiropraxistas que acompanham o parto do bebê e logo após os procedimentos médicos já fazem uma avaliação da coluna do bebê.

A maioria das ocupações, quando exercidas em uma postura inadequada, ao longo dos anos, causa problemas a sua saúde, podendo até se tornar incapacitante. O trabalho é essencial na vida das pessoas e deve ser prazeroso juntamente procurando uma realização pessoal.

O primeiro sinal de início de uma lesão pode ser um incomodo ou dor em alguma parte do corpo; normalmente os locais com mais queixas são ombro, coluna cervical e lombar. Estas lesões causadas pelo trabalho são chamadas de LER ou DORT.

O maior vilão dos problemas no trabalho é o computador; dificilmente se consegue ter um local de trabalho adequado quando se utiliza o computador. Ou a cadeira está muito baixa, ou a tela do computador está muito baixa e até mesmo quando o teclado e o mouse ficam longe do alcance das mãos. O computador deve ser usado com moderação e com algumas pausas para alongar o corpo e quebrar o padrão de postura do serviço.

Quando as dores começarem a aparecer, é bom procurar um quiropraxista para avaliar as articulações da coluna e tratar as disfunções articulares e buscar também com o profissional algumas dicas de melhor postura para o seu posto de trabalho.

Telefone

(11) 2366-3780

Whatsapp

(11) 98932-3850

Endereço

Rua Itapura, 239 – Sala 303
Vila Gomes Cardim – SP
03310-000

* Ao lado do metrô Carrão

Formas de Pagamento

Atendimento

Segunda à Sexta, 09h às 20h e Sábado, 09h às 12h
Estacionamento no local: clique aqui.

Loja Virtual

Produtos que Recomendamos!
Visite nossa loja: clique aqui.

Siga-nos

Newsletter

Informe seu nome e email para receber os nossos comunicados.